Bookmark and Share
Associe-se
Selecione um formulário:
Receba nosso boletim

Tamanho da letra Diminuir Letra Aumentar Letra
Queda no preço do petróleo pode ser especulação

A queda do preço do petróleo, que na segunda-feira (13) atingiu US$ 88,08 o barril do Brant, menor nível em quase quatro anos, pode estar servindo a interesses geopolíticos de superpotências interessadas no enfraquecimento da Rússia. Na opinião do vice-presidente da AEPET, Fernando Siqueira, não há razão para que os preços estejam 20% inferiores aos praticados em junho.

“Esta cotação me parece artificial, pois a demanda não está caindo e não há notícias quanto à descoberta de novas reservas. Provavelmente é uma especulação temporária”, pondera Siqueira, lembrando que no início da década de 1990 os EUA e a Inglaterra derrubaram o preço do petróleo para  “quebrar” a Rússia. “Hoje a principal fonte de recursos da Rússia ainda é o petróleo. Na época, os EUA queriam fazer a Rússia capitular de vez diante da OTAN”, disse, lembrando a atual tensão entre russos e ucranianos.

Siqueira acrescenta que o petróleo mais barato interessa também à União Européia, já que significa redução de custos para uma região em crise. Quanto ao Brasil, o vice-presidente a AEPET considera que mesmo com o petróleo abaixo de US$ 90 o barril, ainda é viável a exploração do pré-sal.

No próximo dia 27 de novembro, a Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep) se reúne e as notícias dão conta de que não haverá redução na produção para sustentar preços. A oferta global está em 30,47 milhões por dia.

Parceiros

AEPET AMBEP APAPE APASPETRO ASTAIPE

 

ASTAPE ASPENE FENASPE PETROS
 

AEPET-BR

Av. Treze de Maio, 23 - sala 537

Centro, Rio de Janeiro / RJ - CEP 20031-920

Telefones: (21) 8487-8501 / (21) 8487-8504