Bookmark and Share
Associe-se
Selecione um formulário:
Receba nosso boletim

Tamanho da letra Diminuir Letra Aumentar Letra
Navio-plataforma Cidade de Mangaratiba a caminho do pré-sal

O consórcio Schahin - Modec, contratado pela Petrobrás para construir e operar o FPSO Cidade de Mangaratiba, deu início neste sábado (16/8) à saída da unidade do estaleiro BrasFels, em Angra dos Reis. Este navio-plataforma vai operar na área de Iracema Sul, no campo de Lula, localizada no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, no litoral do Estado do Rio de Janeiro.

Com conteúdo local previsto de 65%, a construção e integração de módulos, no Brasil, envolveu quatro locais de obras no Rio de Janeiro, localizados em Itaguaí, Ilha do Fundão, Niterói, Angra dos Reis, além de um na Bahia.

Ancorado a 240 km da costa, em águas com profundidade de 2.200 metros, o Cidade de Mangaratiba será conectado a 8 poços produtores e 8 injetores, tendo capacidade para produzir 150 mil barris de óleo e comprimir 8 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, e para armazenar 1,6 milhão de barris de petróleo. Além disso, tem capacidade para injetar 240 mil barris de água por dia. A produção de petróleo deverá ser iniciada no quarto trimestre deste ano.

FPSO (Floating Production Storage Offloading Unit) é a sigla em inglês que identifica uma unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo. São navios-plataforma com capacidade para separar o petróleo do gás e da água durante o processo de produção, armazená-lo nos tanques de carga para, finalmente, transferi-lo para navios petroleiros, que serão os responsáveis pelo seu transporte. Além disso, o gás produzido será exportado para terra via gasoduto. (Fonte: Petrobrás)


 

Parceiros

AEPET AMBEP APAPE APASPETRO ASTAIPE

 

ASTAPE ASPENE FENASPE PETROS
 

AEPET-BR

Av. Treze de Maio, 23 - sala 537

Centro, Rio de Janeiro / RJ - CEP 20031-920

Telefones: (21) 8487-8501 / (21) 8487-8504